7 conselhos infalíveis para se destacar na Crise

7 conselhos infalíveis para se destacar na Crise

crise_capa

Crise: a palavra mais ouvida e temida nos últimos tempos.

A economia brasileira não está indo bem, e isso tem causado grande preocupação na população.

Muitas empresas estão quebrando, funcionários perdendo seus empregos e o medo tem sido um companheiro constante de todos.

A solução que muitos tem encontrado é o famoso “corte de gastos”. Corta produção, corta matéria-prima, corta funcionários.

Porém na maioria das vezes essas atitudes não são as mais recomendáveis.

Ninguém sabe até quando a crise permanecerá. É impossível definir uma data específica para a finalização dela.

A solução então, é criar oportunidades para se destacar de maneira positiva em meio a um cenário brasileiro complicado.

O grande erro das pessoas é que elas tem paralisado ao invés de agir, tudo em razão do medo.

O fantasma da crise tem assombrado, empresários e funcionários estão cada vez mais desmotivados e desesperados.

Segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 76% dos entrevistados estão preocupados em ficar sem trabalho, perder o emprego ou ter que fechar seu negócio.

Por isso, nós do Eleve seu Negócio preparamos conselhos para ajudar você a se destacar na crise, sem precisar fechar seu empreendimento ou perder seu emprego.

Quais são os conselhos?

crise_segredo

Você não pode paralisar nesse período de crise. Pelo contrário, você precisa tomar decisões, e bem importantes.

Em todas as áreas da vida precisamos decidir determinadas coisas em diversas situações.

Tudo precisa ser feito com muita cautela, afinal, cada escolha tem uma consequência, seja positiva ou negativa, certo?

Então, que tal 7 bons conselhos com boas consequências para esse momento que preocupa o país?

#1 Tenha atitude

Não é porque o período é complicado que você vai simplesmente cruzar os braços e se lamentar.

O lamento não muda nenhuma situação (só piora), então aproveite o momento para trabalhar mais firme, se esforçar mais e influenciar as pessoas ao seu redor (sejam elas funcionárias, colegas de trabalho) a melhorarem também.

A população está desanimada e com a esperança diminuindo. Seja você um influenciador de pessoas. Que elas possam olhar você e se espelharem, querendo melhorar também.

Desta forma, a crise não trará incômodos para sua vida e seu bolso.

#2 Assuma seus erros

Nem sempre a queda nas vendas do seu empreendimento se deve a crise.

Muitas vezes é a falta de planejamento, foco e organização cometidas, e é mais fácil usar a crise como justificativa.

Quando você errar, assuma, levante-se e trabalhe com afinco para resolver o tal problema.

Se você consegue perceber uma administração errada da sua empresa, peça ajuda de coaching, da equipe da sua empresa ou até mesmo de pessoas da sua confiança.

Os erros para serem arrumados, precisam primeiramente serem assumidos.

#3 Reveja seu público-alvo

Acredite, ao invés de baixar drasticamente o preço dos seus produtos, você pode mudar o público-alvo.

Um exemplo simples:

  • Você é dono de uma sorveteria gourmet e atende geralmente a classe B;
  • Com a crise, possivelmente a classe B deixará de consumir seus produtos, procurando por sorveterias mais baratas;
  • Consequentemente a classe A também procurará algo mais em conta, no caso, será a sua sorveteria.

Legal, né? Você não precisa diminuir radicalmente o preço de seus produtos e serviços, e sim, focar em outro público.

#4 Crie planilhas

Nada melhor do que fazer planilhas para se organizar. Através delas é possível mensurar os gastos.

Sendo assim, com todos os valores expostos, será possível calcular despesas desnecessárias, investimentos que podem ser feitos e mudanças a serem desenvolvidas.

O erro de muitos é tomar decisões sem nenhum tipo de organização, e muitas vezes essas decisões foram precipitadas, pois não foram realmente estudadas.

#5 Una-se a sua equipe

Nesse período complicado da economia brasileira, muitas empresas estão sendo afetadas.

Alguns empresários acabam se isolando, tentando resolver os problemas sozinhos, e muitos ficam sobrecarregados e acabam cometendo erros gravíssimos (e as vezes até tragédias).

Faça dos seus funcionários, uma verdadeira equipe.

Peça opinião, converse, debata, pois com várias pessoas pensando, as soluções podem vir de maneira rápida e eficiente.

#6 Não demita vários funcionários

É claro que se a demanda cai, muitos funcionários ficarão com menos serviços para realizar. Assim, surge o pensamento da demissão em massa.

Porém, antes de demitir alguém é necessário analisar bem se é estritamente necessário, pois sendo um profissional qualificado, ele poderá fazer muita falta para a empresa, e pode ser que não seja mais possível trazê-lo de volta quando a situação melhorar.

Se o cargo dele na empresa está com a demanda pequena, chame-o para atuar em outro setor, ou quem sabe, no auxílio a novas ideias.

Quem sabe a solução de muitos problemas da sua empresa encontra-se nas ideias diferenciadas de diversos funcionários.

#7 Aproveite a crise

Parece loucura aproveitá-la né? Mas a verdade é que muitos empresários ficam amedrontados com essa fase, e acabam “baixando a guarda”.

Sim, eles simplesmente param de investir totalmente, se acomodam, deixam de inovar.

Então aproveite as oportunidades que surgirão. Enquanto algumas empresas dormem, desperte a sua e obtenha grandes resultados.

Conseguiu observar as grandes possibilidades de se destacar mesmo em tempos difíceis? Você só precisa saber o que quer, deixar o medo de lado e ter coragem para ousar.

Sua empresa não precisa ter o mesmo destino de fracasso que muitas outras estão tendo. Você pode fazer a diferença, só precisa de ousadia, foco e esforço.

Ele perdeu tudo o que tinha… mas ficou milionário!

Conheça o mesmo atalho que pessoas comuns estão usando para sair do mais fundo buraco financeiro para uma contínua geração de riqueza e dominação do dinheiro:

> Clique aqui para Multiplicar seu Dinheiro <

Mas então se devo ousar, posso fazer empréstimos?

crise_emprestimo

Esse é um assunto bastante curioso e que as pessoas possuem bastante dúvida.

Segundo estudiosos de economia, não estamos em um bom momento de fazer empréstimo, pois a tendência é que os juros subam cada vez mais.

Eles devem ser feitos somente quando há certeza de retorno garantido e rápido, e mesmo assim é necessário negociar as taxas de juros.

O empréstimo com taxas de juros elevadas poderá provocar situações perigosas, como a falência da empresa, fator que ninguém quer enfrentar, obviamente.

Por mais que você tenha ideias espetaculares, é necessário calcular o capital. Se sua empresa não possui dinheiro o suficiente pra realizar essa ideia, guarde ela para um próximo momento.

Na fase atual é recomendável optar por ideias mais baratas. E sim, elas podem ser simples mas bem aplicadas.

O problema é que muitos empresários pensam que é necessário um gasto excessivo de dinheiro para promover a sua empesa, e como este grande valor não está disponível, eles simplesmente não investem em nada.

É momento de se organizar, criar novas ideias e oportunidades de forma mais barata e compensadoras.

Você deve investir de maneira consciente, com responsabilidade e, de preferência, sem empréstimos.

No que posso investir para promover minha empresa?

crise_mktdigital

Sabe-se que com a verba mais curta, torna-se inviável investir em mídias caras.

Por isso, o marketing digital é uma ótima estratégia. Além de mais barato, consegue-se mensurar sua eficácia de forma rápida e eficiente.

Ele é uma maneira de promover produtos ou marcas através de mídias eletrônicas, de forma direta e personalizada.

Além disso, as pessoas continuam usando a internet com uma frequência cada vez maior, fazendo com que o marketing digital se torne uma necessidade.

Esse tipo de marketing surgiu nos ano 90, está a cada dia com mais força.

Segundo a empresa de pesquisas TNS Research International, 90% dos processos de compra se iniciam na internet.

As possibilidades de anúncios diferenciados, a infinidade de valores que podem ser investidos são uma grande porta para se destacar na crise.

Outra maneira eficiente e barata de promover sua empresa, é criando eventos de pequeno porte, exposições, feiras.

O objetivo é aproximar o público potencial do seu empreendimento, mais informalmente, fazendo com que ele simpatize com suas ideias e se torne um possível consumidor ativo.

Receba 1 Super Dica por Dia
Escreva seu email abaixo e receba gratuitamente 1 dica por dia para alavancar seu negócio!

Resumindo

crise_conclusao

Que a crise é um assunto muito comentado nos últimos meses você já sabia.

Mas, como foi pra você descobrir várias possibilidades para crescer e alavancar a sua empresa em meio a um cenário tão complicado?

Você não pode cruzar os braços pra crise. Pelo contrário, é momento de você unir forças com sua equipe, e lutar contra essa realidade econômica brasileira.

E qual seria a forma de lutar? É investindo de maneira consciente e responsável. Não é momento de exagerar, mas sim, de ter cautela em cada decisão a ser tomada.

Não deixe que o medo paralise a sua empresa, pois ele é um fator muito mais perigoso do que a própria crise.

Se reerga, procure consultoria, chame a sua equipe para formularem boas ideias e cheguem a ótimas soluções.

A crise é somente uma fase, e você pode encontrar nela uma oportunidade de realçar a sua empresa.

E aí, pronto pra arregaçar as mangas e se destacar no meio da crise?

Até logo,

Karen Denoni


© Eleve seu Negócio © Todos os Direitos Reservados. Elevation Treinamentos Ltda. CNPJ: 23608382/0001–36